sábado


Nunca me tinhas dado nenhum sinal que me fizesse desconfiar de ti, sempre foste uma pessoa fantástica, sempre foste uma amiga. Mas isso é passado, porque revelaste ser uma pessoa completamente diferente da que eu conhecia, ou desde sempre que me mostraste ser outra pessoa só para conseguires a minha confiança. Isso já eu não sei, o que sei é que nunca mais vou confiar em ti, não tanto como confiava. Nos últimos tempos, eu não te conheci, antes não eras assim. Agora és outra pessoa e eu já não vou voltar a ser a mesma contigo, por mais choros e súplicas que faças.
Perdes-te a minha confiança. E se queres um conselho de “amiga”, não esperes que ela volte, porque não vai voltar. Podes nem fazer intenções disso, mas é só um aviso para o futuro.
«Todos nós merecemos uma segunda oportunidade», para mim nem todos.

p.s. e quem é meu/minha verdadeiro/a amigo/a, por favor, não me peça para voltar atrás e não me peça para contar a história de novo. Porque sinceramente eu própria já estou enjoada disso, só quero esquecer que alguma vez isso aconteceu.


6 comentários:

beatrizpereira disse...

e tu também és forte (L)

beatrizpereira disse...

o teu também !
e tens que me contar o que aconteceu relativamente sobre este texto :s

beatrizpereira disse...

temos MESMO de falar !

Helena disse...

o teu blog e os teus textos estão lindos ! <3

beatrizpereira disse...

obrigado por tudo meu amor, obrigado mesmo (L) ÉS ENORME *

Bruno M. disse...

adoro o blog *-*